sábado, 28 de agosto de 2010

NATÜRLICH PROG - Programa N.º 9


NATÜRLICH PROG - N.º 9

BLOCO 1 - GRAHAM BOND & HOLY MAGIK

1- Meditation
2-Return of Arthur
3- The Judgement

BLOCO 2-  PETE BROWN & PIBLOKTO

4- Things May Come and Things May Go
5- High Flying Electric Bird
6- My Love is Gone Far Away
7- Country Morning

BLOCO 3 - Principal Edward Magic Theatre

8- Enigmatic Insomniac Machine
9- Sacrifice
10-Pink - A Mystery Cycle

BLOCO 4 -  GRAHAM BOND & PETE BROWN

11- Lost Tribe
12- Ig the Pig
13- C.F.D.T.
14- Macumbe

Produção e Apresentação By Gäel
Artes - By Sara_Evil

ANGE - Par Les Fils de Mandrin



- Jean Michel Brezovar / solo guitar, acoustic guitar guitar
- Gerald Jelsch / bateria, percussão
- Daniel Haas guitarra / baixo
- Christian Decamps / órgão Hammond, piano
- Francis Decamps / Órgão de efeitos especiais

1. Par les Fils de Mandrin (4:48)
2. Au Café du Colibri (4:02)
3. Ainsi s'en ira la pluie (6:08)
4. Autour du Feu (3:06)
5. Saltimbanques (4:15)
6. Des yeux Couleur d'Enfants (4:20)
7. Atlantis "les géants de la 3e Lune" (5:05)
8. Hymne à la Vie (9:44)
a) Cantique (4:15)
b) Procession (3:52)
c) Hymne (1:37)

Outro album de qualidade lançado pela banda francesa, este é mais um álbum conceitual que retrata uma trupe itinerante de saltimbancos em uma viagem . A capa traseira é mais reveladora pois mostra as multidões atrás de seu líder na condução de um cavalo cósmico e seu carroção.
O Som deste álbum é mais melódico e folclórico, embora mantenha o mellotron e as guitarras elétricas na maior parte das músicas. Alguns consideram este um dos melhores albuns do ANGE, eu concordo !





quarta-feira, 25 de agosto de 2010

ANGE - Au -Delà Du Délire




Se inicia aqui, uma série de postagens sobre o ANGE. Não vou postar a discografia completa, somente os que eu reputo os melhores. Curtam, e se desejarem façam os seus comentários.

( Starts here, a series of posts about ANGE. I will not post the complete discography, only those I consider the Best. Enjoy, and if you wish, make your comments).

Francis Décamps (teclados, all sorts)
Christian Décamps (vocais , teclados e Guitarras)
Jean-Michel Brézovar (guitarra
Gérard Jelsch (bateria)
Daniel Haas (baixo e guitarra acústica)


Au -Delà Du Délire

terça-feira, 24 de agosto de 2010

REPOST - Programa Natürlich Prog 2

A Pedido, estamos fazendo o Repost do Programa N.º2 que foi ao ar pela Radio Web Underground Lágrima Psicodélica

NATÜRLICH PROG - PROGRAMA Nº2

LOCUÇÃO :

BLOCO 1 ( TEMPO = 37:48)
IL BALLETTO DI BRONZO - ALBUM = YS
- INTRODUZIONE
- PRIMO INCONTRO
- SECONDO INCONTRO
- TERZO INCONTRO
- EPILOGO

LOCUÇÃO :

BLOCO 2 ( TEMPO = 34:65)
ANGE - ALBUM = GUET'APENS
- CAPITAINE COER DE MIEL

ATOLL - ALBUM = L'ARAIGNÉE-MAL
a- IMAGINEZ LES TEMPS
b- L'ARAIGNÉE-MAL
c- LES ROBOTS DEBILES
d- LE CEMETIÈRE DE PLASTIQUE

LOCUÇÃO:

BLOCO 3
CLEARLIGHT - ALBUM = LES CONTES DU SINGE FOU
- THE OUTSIDER
- A TRIP TO THE ORIENT
- LIGHTSLEEPER'S DESPAIR

SBB - ALBUM = NEW CENTURY
- STARY CZTOWIEC W MILCZACYM OGRODZIE

LOCUÇÃO - FINAL

BLOCO 4

SYNKOPY & OLDRICH VESELÝ - ALBUM = SLUNECNI HODINÝ
- INTRODUKCE
- CERNÝ RACEK
- VODOPÁD
- TOUKLA JE OBLÁ

NATUR 2

domingo, 22 de agosto de 2010

IQ - Subterranea








- Peter Nicholls / lead and back vocals
- Martin Orford / keyboards, flute, back vocals
- Mike Holmes / guitars
- John Jowitt / bass, backing vocals
- Paul Cook / drums

IQ é uma banda britânica de rock progressivo fundada por Mike Holmes em 1982 após a dissolução da banda The Lens. Apesar da banda nunca ter tido sucesso comercial, IQ construiu um público fiel ao longo dos anos e ainda estão ativos em 2009. O baixista John Jowitt e o ex-tecladista Martin Orford foram também membros do Jadis.

A partir de 1982, o line-up consistia em Peter Nicholls (vocal), Mike Holmes (guitarra), Martin Orford (teclados), Paul Cook (bateria) e Tim Esau (baixo). Nicholls deixou a banda em 1984 para formar uma nova banda, Ghost Niadem, e foi substituído por Paul (PL) Menel, mas depois retornou em 1990. Nicholls também criou a capa para a maioria dos álbuns em que ele aparece. No início de 2005, Paul Cook deixou a banda e foi substituído na bateria por Andy Edwards. Em 20 de julho de 2007 Martin Orford anunciou que estava deixando o IQ e foi substituído por Mark Westworth da banda Darwin's Radio .
Apesar de sua partida, Martin continuou a gerenciar a gravadora da banda GEP e ainda está intimamente envolvido com a banda, apesar de ter anunciado no final de 2008 que iria deixar o controle com outra pessoa.

O estilo musical da banda, especialmente no início de sua carreira, foi uma reminiscência do Gênises de Peter Gabriel e de Steve Hackett por causa do vocal de Peter Nicholls e a sua semelhança a Gabriel na presença de palco e do grandioso trabalho do tecladista Martin Orford's. No entanto, o papel de guitarrista Mike Holmes foi muito mais assertivo na banda, dando-lhes uma borda mais dura musicalmente. Após a partida de Nicholls, o estilo da banda tornou-se cada vez mais comercial e - embora sem muito sucesso - em Nomzamo (1987) e em "Are You Sitting Comfortably? (1989), embora cada álbum ainda apresentasse algumas músicas do estilo rock progressivo.
Com o retorno de Nicholls em 1993 , a banda retornou às suas raízes do rock progressivo, com faixas com arranjos mais intrincados e musicalidade complexa.

Part I
Part II
Artes

Para o Meu Camarada Fireball. Espero que Curta !

sábado, 21 de agosto de 2010

GREENSLADE - Spyglass Guest



Greenslade é uma banda inglesa de rock progressivo. Ela foi formada originalmente no outono de 1972 (fazendo a sua estreia ao vivo no Zoom Club de Frankfurt em novembro) com a seguinte formação:

* Dave Greenslade - teclado e vocais (nascido em 18 de janeiro de 1943, Woking, Surrey)
* Tony Reeves - baixista (nascido Anthony Reeves, 18 de abril de 1943, Lee Green, Sudeste
de Londres)
* Dave Lawson – teclados e vocais (nascido David Lawson, 25 de abril de 1945, Hampshire)
* Andrew McCulloch - bateria (nascido em 19 de novembro de 1945, Bournemouth, Dorset)

Parceiros musicais de longo tempo, com uma origem comum no jazz, Greenslade e Reeves foram membros originais do Colosseum. Lawson foi anteriormente um membro do Alan Bown Set, Web e Samurai, enquanto que McCulloch foi brevemente um membro do King Crimson, tocando bateria no terceiro álbum da banda, Lizard (1970), e Fields, a banda formada pelo ex-tecladista do Rare Bird, Graham Field.

Dave Clempson (ex-Humble Pie e Colosseum) atuou como convidado no terceiro álbum do Greenslade, tocando guitarra em duas faixas. Reeves deixou a banda naquela época e foi substituído na turnê estadunidense posterior e no quarto álbum, Time And Tide, por Martin Briley, que também tocava guitarra.

O Greenslade anunciou o final de suas atividades em 1976. Após isso, Dave Greenslade gravou o seu álbum de estreia solo, Cactus Choir, e no final de 1976 e começo de 1977 ele criou e estabeleceu a formação de uma nova banda com o ex-frontman da Manfred Mann's Earth Band Mick Rogers. Inicialmente a “cozinha” da banda consistia de Dave Markee e Simon Phillips, mas eles foram substituídos por Tony Reeves (que havia nesse meio-tempo juntado-se a última formação do Curved Air) e Jon Hiseman (que simultaneamente liderava o seu próprio Colosseum II) para os shows de 1977.

Em 2000, Greenslade e Reeves, após considerarem uma reunião com a formação original completa, juntaram-se ao baterista John Trotter e ao tecladista e vocalista John Young e gravaram um novo álbum de estúdio do Greenslade: Large Afternoon. Ele foi seguido de uma turnê, que teve seus shows gravados e um álbum posteriormente lançado em 2002 sob o título de Greenslade 2001 - Live: The Full Edition.
[editar] Discografia

* 1972: Greenslade
* 1973: Bedside Manners Are Extra
* 1974: Spyglass Guest - Reino Unido #34[1]
* 1975: Time and Tide
* 1997: Shades of Green (1972-75)
* 2000: Live (recorded in 1973-75)
* 2000: Large Afternoon
* 2002: Greenslade 2001 - Live The Full Edition

Spyglass Guest

FORMULA 3 - La Grande Casa


Uma das bandas mais populares da Itália no início dos anos 70, não só entre os fãs de rock por causa de sua longa colaboração com o cantor Lucio Battisti que os levou para a Gravadora recém-formada Numero Uno produzindo seu primeiro álbum.

Dies irae, abrigado em uma capa agradável psych-inspirado, apresenta o típico Fórmula 3 com som baseado na guitarra / interação de órgãos (a banda não usou baixo, o baixo era tocado pelo tecladista Lorenzi), com a liderança da agradável voz do baterista Cicco.
Seu som era uma mistura de pop, prog e influências de hard rock, que ajudou a se tornarem a banda de rock mais importante da Itália anos antes do Banco / PFM.
No álbum se destaca a faixa-título, com uma atmosfera agradável e sombria (Dies Irae tinha sido originalmente lançado em single em 1967 pelo Samurai, um grupo que incluía o tecladista Gabriele Lorenzi, juntamente com Paolo Área de Tofani), um cover do Left Banke's Walk away Renee e uma de suas faixas mais importantes e um clássico do rock italiano, Questo folle sentimento.

O segundo álbum, intitulado simplesmente de Fórmula 3, foi inteiramente baseado em músicas de Lucio Battisti com letras de seu amigo Mogol co-escritor e contém mais dois outros clássicos, "Eppur mi son scordato di te" e a the longa "Nessuno nessuno", também lançado como um single em formato abreviado. O resto do álbum estava em um nível menor, e o grupo estava muito ligado à produção de Battisti-Mogol, mas eles eram muito bem sucedidos e não há ninguém na Itália que ainda hoje não se lembre de algumas de suas canções.

No terceiro álbum, Sognando i Risognando de 1972, a banda incluiu algumas composições originais, juntamente com as faixas usual-Mogol Battisti, e o resultado foi provavelmente seu melhor trabalho. A melhor trilha aqui é a faixa de 10:30 minutos de duração versão da faixa-título (uma canção já gravada por Lucio Battisti), mas mesmo ainda a suite Aeternum é notável.

No mesmo ano Formula Tre fez o "Festival Internacional da Canção 1972 ", um festival pop internacional no Brasil.

Um quarto e último álbum, La Grande Casa (* Este que postamos hoje), viu a separação do grupo de Lucio Battisti da produção e composições, o álbum produzido pelo letrista Mogol com música original por Alberto Radius. Este é considerado seu álbum mais atípico, com amplo uso de violão e muito diferente do anterior.
A banda continuou a tocar como banda de apoio Lucio Battisti , mas oficialmente o Fórmula 3 deixou de existir em 1973.
Gabriele Lorenzi e Alberto Radius se juntaram ao supergrupo de curta duração " Il Volo", enquanto Tony Cicco iniciou uma carreira solo com o nome de Cico.
Alberto Radius, já um apreciado músico de estúdio desde a década de 60, também lançou muitos Álbuns solo de partida com o hoje raro RADIUS em 1972, e até o início dos anos 80.

A banda voltou em 1990 com o mesmo line-up e lançou três novos álbuns entre os quais King Kong, que também incluiu regravações de músicas antigas.
Um novo álbum foi lançado em 2002, "Corsa La Folle", contendo mais uma vez
regravações de antigos sucessos da banda com o novo tecladista Maurizio Metalli em substituição de Lorenzi.
Metalli foi substituído por Ciro Di Bitonto para os concertos de 2006-07 .

CELESTE - Principe di un Giorno





CELESTE

Ciro Perrino (drums, percussion, flute, keyboards, vocals)
Leonardo Lagorio (keyboards, flute, sax)
Mariano Schiavolini (guitar, violin)
Giorgio Battaglia (bass)

Junto com o Museo Rosenbach, o Celeste também nasceu das cinzas do legendário grupo IL SISTEMA, uma banda de Salerno que só teve suas gravações disponibilizadas depois de terminado e que não deu a idéia real do que eram capazes.
Formado pelo baterista Ciro Perrino e pelo saxofonista Leonardo Lagorio ( Que já havia tocado com o Museo Rosenbach no início de sua carreira)
O seu primeiro álbum , também conhecido como "Principe di un Giorno", foi realizado pelo pequeno selo GROG somente em 1976, mas as músicas haviam sido compostas todas em 1973 e 1974.
O álbum contém 7 músicas, com letras pastorais e um estilo bem parecido com o do início do King Crimson.

Um segundo álbum, gravado em 1977, foi lançado em 1991 pela Mellow com o título óbvio de CELESTE II. Mais para o estilo Jazz-Rock e muito longe do estilo do seu álbum debut, além de ter sofrido com problemas de baixa qualidade de gravação e acabamento.

Depois da separação da banda, Ciro Perrino tocou com o St. Tropez ( que também incluía o baixista do Celeste - Battaglia), com o Compagnia Digitale e com o SNC, além de ter realizado um álbum solo (Solare, em 1980).

A história completa do CELESTE foi celebrada com um belo lançamente em 2001 de uma caixa com 4 CDs contendo todas as gravações do IL SISTEMA e do SAINT TROPEZ, com muitas faixas inéditas.

sábado, 14 de agosto de 2010

ANIVERSÁRIO DA RÁDIO WEB UNDERGROUND LÁGRIMA PSICODÉLICA

HI GUYS! TOMORROW , 15 OF AUGUST, IS THE BIRTHDAY OF RADIO WEB UNDERGROUND PSICODELIC TEAR WITH A SPECIAL ROCKS PROGRAMMING ! CHECK IT OUT !

WWW.LAGRIMAPSICODELICA1.BLOGSPOT.COM

OR THEN JUST CLICK THE PLAYER OF RADIO, RIGHT HERE!




AÍ GALERA ! AMANHÃ , 15/08, É ANIVERSÁRIO DA RADIO WEB UNDERGROUND LÁGRIMA PSICODÉLICA COM UMA PROGRAMAÇÃO ESPECIAL DE ARREBENTAR ! CONFIRAM !


WWW.LAGRIMAPSICODELICA1.BLOGSPOT.COM

OU ENTÃO, É SÓ CLICAR NO PLAYER DA RÁDIO, AQUI MESMO !

UM ABRAÇO.

GÄEL.

CLEARLIGHT MOSAIQUE - In Your Hands






A Banda é essencialmente Cyrille Verdeaux , piano e teclados e um amontoado de músicos convidados em cada álbum. O Clearlight como banda foi fundado em 1974 para a gravação do álbum Symphony. Neste álbum apresentava os músicos Tim Blake, Steve Hillage e Didier Malherbe do GONG, assim como vários outros músicos franceses.
Em 1975, lançaram "Forever Blowing Bubles, outro maravilhoso álbum, embora dessa vez, sem os membros do GONG mas com a participação de David Cross do King Crimson. Após a realização deste álbum, Verdeaux se pos a trabalhar na realização da trilha sonora para o filme "Visa de Censure X", que saiu mais tarde com o nome de "Delired Cameleon Family.
Em 1976, sai "Les Contes du Singe Fou" pela RCA, este o seu mais tradicional e famoso LP de Progressivo Sinfonico, ainda dentro do espírito do Clearlight.
Em 1978, sai "Visions" com o extraordinário Didier Lockwood, e este foi o álbum com a maior variedade de influências, refletindo o crescimento da fascinação de Verdeaux pelos princípios religiosos orientais.
Visions seria a última realização do Clearlight devido a morte prematura do filho de quatro anos de idade de Verdeaux, que o levou a uma viagem de auto-conhecimento pelo extremo oriente onde aprofundou seus estudos de Yoga e meditação.
Depois de sua volta, em 1980, ele embarcou numa carreira solo que se prolonga até os dias de hoje, tendo permanecido muito ativo e prolífico. Verdeaux realizou uma série de álbuns solo e colaborou numa variedade de projetos de outros artistas sendo que a maioria deles no gênero do "New-age".
Em 1990, Verdeaux finalmente trouxe o nome Clearlight de volta.
Este disco é uma reedição do "Les Contes du Singe Fou" enxertado com algumas composições novas, mas não menos belas.

1. Time skater: intro
2. Time skater: part 1
3. The key
4. As we turn
5. Time skater: part 2
6. Wings of your dreams
7. River of time
8. Time skater: part 3
9. Farther beyong
10. Reflexions

Cirille Verdeaux - keyboards
Gumar Amundsen - vocals e keyboards

>>Download<<

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

GARDEN WALL - The Seduction of Madness



No início, eu pensei que esta banda fosse no estilo do Gênesis ao olhar para o nome. Então naquele momento eu pensei em algo como Pallas, Jadis, IQ ou outra banda qualquer de neo prog. Mas quando eu toquei o álbum da primeira vez fiquei bastante surpreso pois a música era muito pesada e é um estilo totalmente diferente do que qualquer álbum Genesis já lançado. Não é totalmente de metal progressivo, como o que temos ouvido normalmente como Dream Theater ou similares - embora haja alguns elementos da música que são semelhantes. Acho que a banda tentou aparecer de forma diferente da típica música do metal pesado mas os riffs são bem progressivos. Em geral, a música é áspera com alguns riffs pesados e solos de guitarra com alguns sabores de música sinfônica. Vale a pena conferir !

GILGAMESH - Arriving Twice



Gilgamesh - Arriving Twice

Formado no final de 1972 como uma banda de jazz-rock no estilo Canterbury pelo tecladista e compositor Alan Gowen, eventualmente o grupo se dissolveu em 1975, quando Alan foi para o "National Health". Contendo demos e gravações de ensaio, esta versão do CD possui surpreendentes características. Quase 60 minutos de gravações inéditas de três edições diferentes da banda de 1973-75, com 25' de composições inéditas de Alan, incluindo um re-trabalho da música escrita para o quarteto duplo de Gilgamesh e Hatfield & The North (!), bem como versões significativamente mais ardentes de muitas das peças do seu 1 º álbum. O CD original Inclui um livreto de 16 páginas cheias de fotos raras e entrevistas incríveis com os membros da banda e amigos realizada pelo famoso expert em Canterbury Aymeric Leroy. Essencial para os fãs de Canterbury!

GROBSCHNITT - Rockpommels Land




Esse é um clássico !
Na minha opinião o melhor deles, seguido do Solar Music Live e do Jumbo Deutsch.
Divirtam-se !

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

VAN DER GRAAF GENERATOR - Bless the Baby Born Today



VAN DER GRAAF GENERATOR / BBC in concert

BBC In Concert (bless the baby born today)


1. Killer 11:06
2. Darkness 7:16
3. La Rossa 9:59
4. Still Life 7:24

Tracks 1-2: July 12, 1971
Tracks 3-4: April 30, 1976

Peter Hammill - vocals,
David Jackson - sax,
Hugh Banton - organ,
Guy Evans - drums

Van der Graaf Generator, sometimes known by the shorter Van der Graaf, are an English progressive rock band. They were the first act signed to Charisma Records. The band achieved considerable success in Italy during the 1970s. In 2005 they embarked on a reunion, which continues to the present day.


Van der Graaf Generator, algumas vezes conhecido por "Van der Graaf", é um grupo Inglês de Progressivo. A Banda atingiu um considerável sucesso na Itália durante os anos 70. Em 2005 eles se reuniram novamente e continuam juntos até hoje.

Este disco é uma amostra do poder de criação do Van der Graaf e do talento dos seus componentes, principalmente de Peter Hammil e de David Jackson.


Download

sábado, 7 de agosto de 2010

GENTLE GIANT





Agora, o Original !!






Com Gary Green , Malcolm Mortimore ( 1º Baterista do Gentle Giant) e Kerry Minnear Three Friends play Prolog in Musikens Hus, Gothenburg, Sweden. 24/4/2009.

DIVIRTAM-se !!!!

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

terça-feira, 3 de agosto de 2010

BANCO DEL MUTUO SOCCORSO - Darwin





The disc is the same, a classic! however, this recording was made in 1991 and is sensational!
Arrangements are modernized, and musicians .... They could not be better ... A show!


O disco é o mesmo, um clássico ! porém, essa gravação foi feita em 1991 e está sensacional !
Os arranjos estão modernizados, e os músicos.... Não poderiam estar melhores ... Um show !

Francesco Di Giacomo - Vocais
Vittorio Nocenzi - Vocal & Keyboards
Rodolfo Maltese - Guitarras
Pierluigi Calderoni - Bateria

Gravado em Arezzo, Maio - Junho de 1991

>>Download<<