sábado, 25 de junho de 2011

NATÜRLICH PROG - Programa 19


NATÜRLICH PROG 19
BLOCO 1: THE AMBER LIGHT
*A New Atlantis
*Tartaros
*Gangsters
BLOCO 2: MEN OF LAKE
*Vipers
*The Day We Met
*The Dark Little Figure
*The Prodigal Father
*Strange Sleep
BLOCO 3: NEAL MORSE
*Nighttime Collectors
*Seeds of Gold
*Chance of a Lifetime
BLOCO FINAL: GRAN TURISMO VELOCE
*Sorgente Sonora
*Misera Venere
*Quantocamia
*L'Estremo Viggiatore

Produção e Apresentação: By Gäel

LONG JOHN BALDRY

Uma figura histórica da música na Inglaterra, Long John Baldry é um ícone. Quando ele começou a cantar em sua juventude, na década de 50, foi um dos primeiros vocalistas  britânicos a interpretar folk e blues. No início dos anos 60, cantou no  Blues Incorporated de Alexis Korner, um grupo que serviu como ponto de partida para futuras estrelas como Mick Jagger, Jack Bruce e Robert Plant, entre outros. Como um membro do Blues Incorporated, ele contribuiu com o primeiro álbum de blues britânico: "R &B no Marquee" de 1962. Ele então se juntou ao The Cyril Davies R&B All Stars, tomando a sua liderança após a morte de Davies, em 1964 e mudando o nome para Long John Baldry and His Hoochie Coochie Men.
Em meados dos anos 60,  Baldry ajudou a moldar Steampacket , um protótipo de supergrupo que incluía Rod Stewart, Julie Driscoll e Brian Auger. Quando a banda se separou,  Baldry liderou o grupo Bluesology com os teclados de um tal Reg Dwight, que mais tarde ficou conhecido como Elton John.

Nessa época, Baldry já era uma figura reconhecida no circuito de Londres, o que fez os Beatles o convidarem para uma de suas primeiras apresentações na  televisão britânica num especial em 1964, tempo no qual o Fab Four não era tão grande e Baldry era virtualmente desconhecido na Inglaterra.
Ironicamente, o sucesso comercial de Baldry não chegou com o blues, mas sim com as baladas pop orquestradas . Seu single de 1967, "Let the Heartaches Begin" chegou a No. 1 na Grã-Bretanha.
Também obteve outros sucessos no final dos anos 60, entre elas, "México", em 1968, embora nenhum deles tenha impressionado o público dos EUA. O sucesso comercial de suas baladas levou Baldry a deixar o blues por um tempo, mas retornou para o gênero em 1971 com o álbum "It Ain't Easy", que contou com a produção de Elton John e Rod Stewart. Este trabalho apresentou um tema que o fez aparecer nas listas americanas com a música: "Don't Try to Lay Não Boogie Woogiel".

Rod Stewart e Elton John compartilharam o album de Baldry publicado em 1972, que foi chamado de "Everything stops for tea". No entanto, nunca  alcançou o reconhecimento internacional.
Em 1980 ele se mudou para o Canadá, onde obteve a cidadania. Ele continuou a gravar e fazer vozes para comerciais e desenhos animados. Depois de lutar durante meses contra uma infecção no pulmão, Long John Baldry morreu 21 de julho de 2005 em Vancouver.


Long John Baldry - On Stage Tonight Baldry's Out  ( 1993 )
Tracklist:
01 - Everyday I Have The Blues
02 - Shake That Thing
03 - Insane Asylum
04 - I'm Read
05 - I'd Rather Go Blind
06 - Baldry's Out
07 - A Thrill's A Thrill
08 - Backwater Blues
09 - It Ain't Easy
10 - Stormy Monday Blues
11 - Don't Try To Lay No Boogie Woogie On The King Of Rock And Roll
12 - Midnight In New Orleans

Line up :

Long John Baldry – vocals, guitar
Kathi McDonald – vocals
Papa John King – vocals, guitar
Butch Coulter – harmonica, acoustic guitar, vocals
John Lee Sanders – keyboards, saxophones, vocals
Eric Webster – piano, hammond organ
Tom Knowles – bass
Al Webster – drums



Long John Baldry - 1972 - Everything Stops for Tea

"Intro: Come Back Again" - 4:05
"Seventh Son" - 3:07
"Wild Mountain Thyme" - 3:49
"Iko Iko" - 3:10
"Jubilee Cloud" - 4:16
"Everything Stops For Tea" - 3:08
"You Can't Judge A Book" - 4:21
"Mother Ain't Dead" - 2:55
"Hambone" - 4:02
"Lord Remember Me" - 4:08
"Armit's Trousers"

quinta-feira, 23 de junho de 2011

ANGELO BRANDUARDI

Angelo Branduardi nasceu em Cuggiono, nos arredores de  Milão. Mais tarde sua família se estabeleceu em Gênova.  Angelo recebeu sua certificação em violino no "Niccolò Paganini" Academia de Músicae e começou a tocar como solista com a orquestra da Academia. Na idade de quinze anos mudou-se novamente, desta vez para Milão, a fim de freqüentar a escola, onde foi ensinado pelo grande poeta Franco Fortini. Depois disso, ele estudou Filosofia na universidade. Durante esse tempo, ele começou a compor, colocando os textos de seus autores favoritos na música. "Confessioni di un Malandrino" do poeta russo Sergej Esenin, uma de suas canções mais famosas, são datadas daqueles anos ainda durante a faculdade.

Ainda muito popular hoje em dia, Branduardi pode ser considerado um artista progressivo devido ao seu grande amor pelo folk e música clássica, que sempre foram uma fonte essencial de inspiração para ele. Durante sua longa carreira ele sempre foi muito consistente no seu estilo, e nunca comprometidos a fim de obter sucesso comercial. Seu primeiro álbum homônimo, lançado em 1974, é um dos mais atraentes para os fãs prog, mas o grande sucesso veio com "Alla fiera dell'est", gravado para a Polydor em 1976. Tanto o single como o LP foram top hits na Itália, e também fez o artista ficar famoso em outros países europeus como na Alemanha e na França, onde a maioria de seus álbuns foi lançado, muitas vezes em diferentes versões do que os originais, e que fazem com que Branduardi excursione constantemente .

Combinando melodias folclóricas tradicionais (geralmente do norte da Europa) com a música clássica, Branduardi, um violinista treinado, criou um estilo inconfundível que ainda é muito popular hoje em dia. Ao longo dos anos ele tem trabalhado com muitos outros artistas italianos, e sua colaboração com o Banco del Mutuo Soccorso é notável e muito considerada por prog fãs: Branduardi tocou violino em "Come in un'ultima cena", e traduziu a letra para a versão em Inglês desse álbum.






quarta-feira, 15 de junho de 2011

DARRYL WAYS WOLF_Night Music


Darryl Way (nascido em 17 de dezembro de 1948, em Taunton, Somerset) é um músico britânico de Rock Progressivo e clássico que, juntamente com Francis Monkman, foi membro fundador do Curved Air. Ele é mais conhecido como violinista, embora ele também toque teclados.

Ele começou sua formação musical na Dartington College of Arts, e mais tarde estudou no Royal College of Music, onde conheceu Monkman. Eles formaram a banda Sisyphus, que evoluiu para Curved Air.

Depois de três álbuns com o Curved Air ele saiu em 1972 e formou a banda Darryl Way's Wolf, que também gravou três álbuns antes de se separarem para que ele voltasse para o Curved Air no final de 1974. Nesta segunda temporada com Curved Air tocou no álbum ao vivo e dois álbuns de estúdio ainda antes de sair novamente.

Ele tocou em duas faixas no album Heavy Horses do Jethro Tull , em 1978, . Então passou a lançar vários álbuns solo, incluindo o Concerto for Electric Violin, que estreou no South Bank Show com a Orquestra Filarmônica Real, em 1978. Houve um desempenho posterior em Leeds Town Hall no início de 1980, que foi transmitido ao vivo pela BBC Radio Leeds.

O Curved Air se reuniu brevemente em 1990 e uma gravação ao vivo de seu show de reunião foi lançado em 2000.

Em novembro de 1996 lançou a sua própria ópera, a Ópera Russa, que estreou no The Place Theatre em Londres, Em 2008 ele participou de uma série de concertos de reunião Curved Air.
O seu parceiro de WOLF, Ian Mosley criou fama e fortuna depois que foi tocar no Marillion.
1. The Envoy (Way/Messecar) - 6:26
2. Black September (Way/Hodkinson) - 4:45
3. Flat 2-55 (Etheridge) - 6:52
4. Anteros (Way) - 4:27
5. We're Watching You (Way) - 5:09
6. Steal The World (Way/Hodkinson) - 4:18
7. Comrade Of The Nine (Way) - 2:41

Personnel:
- Darryl Way - violin, keyboards
- John Etheridge - guitar
- Dek Messecar - bass
- Ian Mosley - drums
- John Hodkinson - vocals

sexta-feira, 10 de junho de 2011

PORCUPINE TREE - Stupid Dream


Stupid Dream é o quinto álbum de estúdio do Porcupine Tree, lançado em março de 1999. Ele se tornou o álbum mais vendido da banda até à época de seu lançamento.

O álbum foi gravado nos estúdios em Foel Llanfair Caerinon, País de Gales, e em No Man's Land Studios em Hemel Hempstead, Inglaterra. A produção custou apenas £ 15.000 . As cordas foram arranjadas por Chris Thorpe e Steven Wilson e executadas pelo East of England Orchestra. A edição coreana do Stupid Dream também  incluiu  "Piano Lessons" em vídeo. O Disco foi relançado em 15 de Maio de 2006 tanto como 2 discos CD / DVD , e duplo vinil LP, mas o vinil duplo LP foi só está disponível através da Burning Shed, a loja do Porcupine Tree . O CD contém um novo mix do álbum por Steven Wilson, e o DVD-A contém uma mistura de som surround 5.1, duas faixas bônus e um vídeo para "Piano Lessons ".

  * Richard Barbieri – Analogue Synthesizers, Hammond Organ, Mellotron
    * Colin Edwin – Bass Guitar
    * Chris Maitland – Drums, Percussion
    * Steven Wilson – Vocals, Guitars, Piano, Bass, Samples
    * Theo Travis – Flute, Saxes
    * East of England Orchestra – Strings (conducted by Nicholas Kok)

quarta-feira, 8 de junho de 2011

PORCUPINE TREE - Lightbulb Sun



Lightbulb Sun é o sexto álbum de estúdio da banda  britânica de rock progressivo Porcupine Tree, lançado em maio de 2000. Há quatro versões: a versão original da Snapper records, uma versão alemã de 2 discos tirados de shows pela Snapper records, com uma chama azul na capa, em vez da laranja original, uma edição de 2 discos israelense pela Helicon Records, e os dois - e 3 discos de CD / DVD-A reedição em Kscope, em que a chama  laranja da capa foi transformada em vermelho.
A Classic Rock Magazine descreveu o álbum como "um álbum de canções de musicalidade impressionante e surpreendente ... de tirar o fôlego." 




1. "Lightbulb Sun" – 5:33
  
2. "How Is Your Life Today?" – 2:48
   3. "Four Chords That Made a Million" – 3:38
   4. "Shesmovedon" – 5:15
   5. "Last Chance to Evacuate Planet Earth Before It Is Recycled" – 4:50
   6. "The Rest Will Flow" – 3:36
   7. "Hatesong" (Edwin, Wilson) – 8:28
   8. "Where We Would Be" – 4:14
   9. "Russia On Ice" (Barbieri, Edwin, Maitland, Wilson) – 13:05
  10. "Feel So Low" – 5:16





terça-feira, 7 de junho de 2011

PORCUPINE TREE - Deadwing

Porcupine Tree é uma banda Britanica formada em Hemel Hempstead, Hertfordshire,Inglaterra. É o projeto musical de maior sucesso e projeção do músico Steven Wilson como evidenciado pela popularidade da banda. É constituída por uma mistura de rock progressivo, rock psicodélico, experimentalismo avant garde e heavy metal. Apesar disso, o vocalista Steven Wilson não possui a mesma opinião. Ele cita que a música de sua banda é muito simples, sem elementos complexos. A complexidade está na produção, na maneira como os álbuns são construídos.