sábado, 31 de março de 2012


TUOMAS WÄINÖLA - Human Being


Players:

Tuomas Wäinölä -Guitars
Anssi Nykänen -Drums, Shaker
Lauri Porra -Bass
Matti Paatelma -Grand Piano
Mikko Mäkinen -Hammond A100 on track 2, Moog Liberation & Solina on track 6
Tero Pennanen -Hammond B3 on track 3
Tero Lindberg -Trumpet, Piccolo Trumpet & Flugelhorn
Janne Toivonen -Trumpet & Flugelhorn
Antti Rissanen -Trombone & Baritone horn
Heikki Pohto -Tenor, Alto & Baritone Saxophones
Abdissa “Mamba” Assefa -Djembe, Conga & Bongo drums
Pekka Kuorikoski -Violin
Harri Rantanen -Blues Harp
Peter Engberg -Bouzouki & Mandolin
Sakari Salli -Doepfer Dark Energy
Arttu Takalo -Vibraphone & Xylophone

Tuomas Wäinöla nasceu em Kauniainen, Finlandia  em  29 de dezembro de 1976.
Seu amor pela guitarra começou aos cinco anos ao escutar um LP do The Shadows - Golden Hits - que ele tem até hoje. Ele começou seus estudos de guitarra clássica aos 11 anos na escola de música de sua cidade e tocou o seu primeiro solo num programa de crianças dois anos mais tarde.
Depois de formado na escola de música, continuava fascinado pelo rock, principalmente pelo Guns'n'Roses e provavelmente foi devido ao Slash que ele definitivamente decidiu adotar a guitarra elétrica.

A idéia de lançar um álbum solo tem acompanhado Tuomas desde que ele começou a andar com equipamento de gravação captando vários trabalhos  de bandas de metal do ensino médio Sueco além de suas próprias gravações instrumentais com programação meticulosa de bateria eletrônica e solos intermináveis. Bem, o objetivo nunca mudou  e  finalmente  ele teve  coragem, tempo e energia para completar o trabalho depois que Peter Engberg prometeu lançar o álbum em seu selo "Impossible Music". Ele, em seu site, se declara de muita sorte e feliz por ter alguns dos melhores músicos da Finlândia e do mundo tocando no seu álbum.
" A Música ainda me leva às alturas, quando tudo flui em conjunto e leva você a um mundo próprio". Espero que as pessoas sintam o mesmo ao ouvir Human Being". - Completa Wäinöla.
Façamos a vontade dele então !

Nenhum comentário:

Postar um comentário