domingo, 11 de novembro de 2012


RIVERSIDE

A história do Riverside começou no carro de Piotr Kozieradzki enquanto ele estava viajando com Piotr Grudzinski. Uma idéia nasceu em suas cabeças de tocar música neoprogressive. Esta idéia mais tarde se materializou na forma de uma nova banda - Riverside. Naquela época, Grudzinski tocava guitarra em uma bande de metal Sem nome, enquanto Kozieradzki estava tocando bateria em bandas de death metal Ódio e Domínio. Para a surpresa de Grudzinski, "Clutching at Straws", uma música do grupo Marillion , estava sendo tocada nos alto-falantes do carro de Mittloff. Descobriram que ambos estavam interessados ​​em música progressiva e que gostariam de ter uma chance neste gênero. Uma sugestão para um encontro em um ensaio foi apresentada e que aconteceu alguns meses depois, no final de 2001.

Outra pessoa que participou desse ensaio foi Jacek Melnicki - um tecladista que é dono de seu próprio estúdio de gravação. Aquela primeira jam session foi alegadamente não muito inspiradora, mas o segundo mudou tudo. Melnicki trouxe um novo músico - o baixista Mariusz Duda. A partir deste momento, o projeto recém-fundado passou a ser um quarteto e o que foi ainda mais importante, durante um dos ensaios que se seguiram Mariusz revelou seus talentos vocais. Os outros músicos gostaram de suas improvisações vocais utilizadas nos primeiros esboços musicais, ainda instrumentais e Mariusz tornou-se, simultaneamente, um cantor e um baixista.


Mariusz Duda foi a última parte de um quebra-cabeças que completou o primeiro line-up da banda. Ele não
precisou de muito tempo para provar o quão valioso ele se tornaria para esta nova banda. No momento em que ele começou a cantar, ficou óbvio que ele se tornara um membro muito importante da banda. Sendo um cantor e baixista, que em breve provaria a ser o ponto focal da banda e seu líder no palco. Antes de ingressar no Riverside, Duda já havia sido um músico versátil. Além da guitarra baixo, que tocou comproficiência, ele também podia tocar teclado e guitarra. "Eu toco vários instrumentos, mas os dois que eu mais amo são o Baixo acústico e a guitarra baixo" - disse ele a um jornalista da Revista "Mystic Arte" - Eu componho com uma guitarra acústica. Na banda eu toco baixo, porque eu amo o ritmo. Este instrumento tem também outras vantagens de acordo com Mariusz: dependendo gênero musical e humor global da música, o baixo pode ser usado de muitas maneiras diferentes, por exemplo, ele pode controlar toda a situação.

Piotr "Grudzien" Grudzinski já era um guitarrista estabelecido no momento de fundação do Riverside . Por dez anos, ele foi o guitarrista de uma banda de metal sem nome de Varsóvia. Apesar de não alcançar qualquer sucesso espetacular, esta banda lançou dois LPs - "Id" e "Duality", que deu-lhes algum respeito entre a comunidade do metal. Música tocada sem nome que pode ser classificada como doom / death metal.

Piotr 'Mittloff' Kozieradzki é uma figura bem conhecida e respeitada no mundo do death metal. Muito antes da fundação do Riverside, Mittloff ganhou sua reputação como um baterista talentoso. No início dos anos 90 em Varsóvia, fundou o Hate - uma banda de death metal. Mais tarde, ele se juntou ao Domain -um grupo de Tódź que tocava um tipo semelhante de música. Ele era um membro de ambas as bandas nos anos 90 e no início do século 21. Ele ainda trabalhou com o Domain por um curto período de tempo ainda depois da fundação do Riverside .


Riverside - Loose Heart (EP) 2003



Riverside - Out of Myself 2003



Riverside - Radioactive Night 2004



Riverside - 2005 - Voices In My Head (EP)



Riverside - 2007- Rapid Eye Movement



Riverside - Reality Dream -2008




Riverside - Anno Domini - 2009



Riverside -  Memories In My Head (EP) 2011



Riverside - Live In HolmFirth  2011







Nenhum comentário:

Postar um comentário