quarta-feira, 1 de maio de 2013


ICE - The Saga


Track List
01. Strangelight (7:18)
02. Farewell (2:55)
03. The Trail (6:08)
04. Why Me (4:51)
05. Shining (7:01)
06. Setback (7:10)
07. Not Only Love (5:17)
08. The River (7:13)
09. No Choice (4:10)
10. This Battle (8:56)

Line-up / Musicians:
- Hein van den Broek / vocals
- Chris van Hoogdalem / guitars
- Henny van Mourik / bass
- Ardie Westdijk / keyboards, piano
- Rob Boshuijzen / drums, percussion

A saga deste grupo holandes começa com a banda Maryson, de onde boa parte da banda tem origem. Depois da saída de Wim Stolk (mentor das histórias fantásticas cuja banda se baseava para compor), junta-se ao grupo o ex-Cirkel Chris van Hoogdalem (Henny van Mourik também era do grupo mas já tocava no Maryson) e o ex-Differences,  Ardie Westdijk.

Este primeiro trabalho deste experiente supergrupo holandês pode ser considerado como progressivo sinfônico (engana-se quem define este trabalho como neo-progressivo da escola britânica dos anos 1980). Aliás, como a Holanda tem nos presenteado como grupos nessa linha! Exemplos: Mangrove, Trion e Knight Area. Vale lembrar outros grandes grupos deste país surgidos nos anos 1990 como Odyssice, Flamborough Head e Like Wendy, bem como os da década de 1970 Lady Lake, Supersister, Ekseption e Focus.

The Saga é a história de um grupo de pessoas de diferentes raças e nações que se junta para sobreviver a uma era glacial em seu planeta de origem. Só que não se trata de uma simples era glacial... Na verdade, está ocorrendo uma invasão de criaturas muito bem adaptadas ao frio, e que usam o gelo como uma arma de conquista.

Com o desenvolvimento da história, o grupo formado descobre que antes da era glacial que enfrentam ocorreu uma outra, e os seus ancestrais deixaram registrada uma profecia que menciona a repetição desta era glacial, bem como a existência de uma arma (Global Heater), capaz de combater as criaturas. O problema é que guerras anteriores e outras eras glaciais espalharam por diversas partes as informações necessárias sobre o equipamento, bem como a localização do mesmo. Desta forma, o objetivo do grupo é encontrar estas informações, ativar o "Global Heater" e salvar os habitantes da aniquilação certa.

The Saga no fundo - e como fala o encarte - é uma história do bem e mal, amor e ódio etc. As músicas do CD retratam as partes fundamentais desta história.

As músicas sao instrumentais e cantadas em inglês (vocal masculino, bom por sinal) baseadas nos solos de guitarra e nos teclados. Ambos estão à frente de todas as composições - em boa parte bombásticas - o que caracteriza fortemente o cunho sinfônico deste trabalho. Algumas referências seriam o Pallas (principalmente os CDs Cross and the Crucible e The Dreams of Men), Marillion (pelos solos de teclados analõgicos), Camel (guitarra), Asia e Yes. A gravação das músicas está límpida e cristalina. O encarte apresenta ilustrações muito bem feitas, relacionadas com o tema, bem como as letras das músicas.

Um dado interessante é a presença de R. Sterk nos créditos de quase todas as músicas. É quase um sexto integrante do grupo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário