sábado, 7 de maio de 2011

PROCOL HARUM - SOMETHING MAGIC


Em 1975, o Procol Harum se apresentou na última noite no Rainbow Theatre em Londres.  Mais mudanças de pessoal contribuíram para o declínio das vendas na parte final da década de 1970, com "Pandora's Box", sendo o seu final UK Top 20 hit em 1975.  No seu álbum Procol Ninth viu uma reconexão com Jerry Leiber e Mike Stoller, que ajudaram a produzir e escrever junto com a banda.  A banda finalmente se separou em 1977, depois de ver Something Magic na posição 147 na Billboard  e 200 nos EUA . Uma injustiça, pois Something Magic é um dos melhores álbuns do PROCOL HARUM.  Eles se reuniram para uma única apresentação, cinco meses depois, quando "A Whiter Shade of Pale" foi nomeado vencedor junto com "Bohemian Rhapsody" do QUEEN, as melhores músicas do Pop Single Britânico no período de 1952-1977 no Brit Awards, que faz parte do JUbileu de Prata da  rainha Elizabeth II .

A banda se reuniu em 1991, com Brooker, Fisher, Trower e Reid (Wilson tinha morrido em 1990), e lançou "The Prodigal Stranger", mas as vendas foram modestas.
 Após o lançamento do álbum, uma nova encarnação da banda, com Brooker e Fisher, mas não Trower, percorreu os EUA e o mundo por alguns anos na primeira metade da década de 1990.

Em julho de 1997, os fãs organizaram a celebração do 30 º aniversário do sucesso de "A Whiter Shade of Pale", e convidaram a banda então inativa para um concerto em Redhill. Um resultado directo do concerto foi a criação do site de fãs "Beyond the Pale", em Outubro de 1997. Incomum para sites de fãs, "Beyond the Pale" se orgulha de ser atualizado  diariamente desde então. As atualizações recentes incluem notícias do Procol Harum , informações sobre shows da década de 1970 e, ocasionalmente, mensagens da banda.  O site também fez os fãs estarem sempre em contato, assim, catalisada  foi desencado um novo interesse na banda. Isso, então, levou à Palers 'Project, em que os fãs se reuniram para gravar quatro álbuns em CD duplo de músicas Procol Harum em arranjos novos, que por sua vez, financiou o site. O último destes álbuns foi lançado em 2008.

No final de 1999, Brooker prometeu que "Procol iria tocar novamente  em 2000", e em setembro a banda fez um show ao ar livre com o New London Sinfonia em Guildford.

Em 2000, Procol Harum recebido alguma atenção após a canção "In Held Twas em I ", apareceu no  "Transatlantic's debut album"..

Desde 2001, a banda, composta Brooker, Fisher, Geoff Whitehorn (guitarra), Matt Pegg (baixo) e Mark Brzezicki (bateria), fez várias turnês na maior parte da Europa, mas também no Japão e nos EUA. Um concerto de 2001 em Copenhagen, foi lançado em DVD em 2002. Em 2003, a banda lançou o álbum "The Well's on Fire". Um concerto de dezembro 2003, em Londres, com grande parte do material desse álbum, foi lançado em DVD em 2004: Live at the Union Chapel. Fisher deixou Procol Harum em 2004.

A banda retomou a agenda de shows limitados em 2005, com Josh Phillips substituindo Fisher no Hammond, deixando Brooker como o único membro original . Em junho de 2006 eles tocaram no Isle of Wight Festival. Em agosto de 2006  o Procol Harum tocou em dois shows ao ar livre com a Orquestra da Rádio Dinamarquesa no Castelo de Ledreborg , na Dinamarca, que foram tele-gravadas. Com uma hora de duração a edição do show foi transmitido na manhã de Natal, de 2008, pelo DR2 Canal dinamarquês e todo o concerto foi lançado em DVD em 11 de maio de 2009 (com seis faixas extras a partir de uma gravação de TV dinamarquesa da banda  em 1974).

Mais tarde, em 2006, tocaram na Suíça, Noruega e Dinamarca, mas com Geoff Dunn substituindo Brzezicki na bateria, porque  ele pertencia a outra banda, e o  "Casbah Club" estava em turnê com o The Who . No entanto, Dunn acabou substituindo Brzezicki para a turnê européia da banda em 2007. A gravação dos shows italianos foram liberados mais tarde como "The One Eye to the Future – Live in Italy"  álbum de 2007.  O Procol Harum também tocou em um concerto orquestral na Suécia em 30 de junho. Eles tocaram com a Orquestra Sinfônica de Gävle na ópera ao ar livre "Dalhalla", perto Rattvik.

Eles tocaram no nos USA  (e Toronto) nos concertos em junho de 2010, em sua maioria fazendo abertura para o Jethro Tull. Em 22 de julho o Procol novamente é  manchete no Festival Keitelejazz em Äänekoski, na Finlândia - local onde a banda se apresentou com um Brooker ferido em 2009. Eles descreveram esse público fiel finlandês como "o melhor do mundo" e tocaram uma versão original de três-versos de A Whiter Shade of Pale com um solo de guitarra de Geoff Whitehorn.
48 horas depois o Procol foi convidado a dar um concerto gratuito no pátio do Palácio da Província de Bergamo, na Itália. Em Agosto de 2010 eles apareceram em Bad Krozingen na Alemanha e um evento de Rock Legends no Charlotty Dolina Amphitheater, na Polónia.
Depois de um show de Halloween em Leamington Spa (seu primeiro no Reino Unido por três anos) a banda retornou à América do Norte em novembro, para um novo evento orquestral com a Orquestra Sinfônica de Edmonton em 09 de novembro. Depois de tocar em Tallin, na Estónia, em 18 de novembro, eles voltaram para os EUA para um concerto orquestral em Wilmington, Delaware em 04 de dezembro.
Mais de 13.000 pessoas viram os oito concertos de Ano Novo com a Orquestra da Rádio Dinamarquesa em Copenhagen e noutras cidades dinamarquesas em janeiro de 2011.  A banda volta  para o Festival Kløften em 25 de junho.


Em julho de 2009, Matthew Fisher ganhou um julgamento em um  tribunal britânico que lhe atribui 40% dos royalties retroativos a partir de 2005 até 1967 é "A Whiter Shade of Pale", que já tinha ido 50% para Brooker pela a música e 50%  para Reid pela  letra.


O segundo livro de Douglas Adams Hitchhiker's Trilogy, O Restaurante no Fim do Universo, foi inspirado pela canção "Grand Hotel ", do álbum Procol Harum, de mesmo nome.
Depois da gravação deste álbum, Copping deixou a banda. Dee Murray (Baixista do Elton John) entrou em seu lugar para a turnê Norte Americana de promoção do álbum.

 1. "Something Magic" - 3:37
   2. "Skating on Thin Ice" - 4:49
   3. "Wizard Man" - 2:41
   4. "The Mark of the Claw" - 4:39
   5. "Strangers in Space" - 6:08
   6. "The Worm & The Tree Part One" - 7:50
               6.1. "Introduction"
               6.2. "Menace"
               6.3. "Occupation"
   7. "The Worm & The Tree Part Two" - 5:29
               7.1. "Enervation"
               7.2. "Expectancy"
               7.3. "Battle"
   8. "The Worm & The Tree Part Three" - 5:20
               8.1. "Regeneration"
               8.2. "Epilogue"
ÁLBUNS DE ESTÚDIO DO PROCOL HARUM

    * Procol Harum (1967)
    * Shine on Brightly (1968)
    * A Salty Dog (1969)
    * Home (1970)
    * Broken Barricades (1971)
    * Grand Hotel (1973)
    * Exotic Birds and Fruit (1974)
    * Procol's Ninth (1975)
    * Something Magic (1977)
    * The Prodigal Stranger (1992)
    * The Long Goodbye (1995)
    * Ain't Nothin' to Get Excited About (1997; as Liquorice John Death)
    * The Well's on Fire (2003)



Nenhum comentário:

Postar um comentário