terça-feira, 8 de março de 2011

FINCH - Glory of the Inner Force

Songs
1. Register magister (9:22)
2. Parodoxical moods (10:43)
3. Pisces (9:29)
4. A bridge to Alice (13:13)
5. Colossus Part I (3:28)
6. Colossus Part II (3:36)

 Musicians

- Jan Van Nimwegen / guitars
- Cleem Determejer / keyboards
- Beer Klaasse / drums
- Peter Vink / bass

Este quarteto tem suas raízes no grupo Q65 e lançou três álbuns em meados da década de 70, todos os três típicos da "escola holandesa". É claro que esses caras ouviram FOCUS e SOLUTION , mesmo sendo estes totalmente instrumentais e geralmente numa linha de rock mais pesado do que o próprio FINCH. Não obstante seu jazz-rock sinfônico estava no auge, com uma pegada emocionante e virtuosa e na pior das hipóteses, um pouco "meloso" especialmente nos bits mais sinfônico. Membro fundador o baixista Peter Vink (a pronúncia holandesa do seu nome é Finch) e Klaase, o baterista fornecem uma bela sustentação para o guitarrista virtuoso vanNimwegen . Após a gravação do seu álbum de estréia em 75 de Glory Of Inner Force, Determeyer substitui Peter Vink nos teclados. Abençoado com uma arte soberba  num título meio esotérico, a música do Finch foi claramente influenciada pela Mahavishnu Orchestra (até mesmo o título poderia caber num álbum da M.O), Focus e YES.

Nenhum comentário:

Postar um comentário