quarta-feira, 23 de março de 2011

OSANNA - Palepoli

Uma das maiores Bandas de Progressivo Italiano, OSANNA veio de Nápoles, formada em 1971 pelos membros do "I VOLTI DI PIETRA" e do "CITTÀ FRONTALE" ( Uma Outra Banda Chamada Città Frontale surgiu das cinzas do Osanna e gravou o álbum "El Tor") cujo tecladista GIANE LEONE saiu para formar o IL BALLETTO DI BRONZO. ELIO D'ANNA veio do "SHOWMEN" e os outros eram novatos.

Durante os seus quatro anos de vida o OSANNA falhou em criar, de acordo com vários críticos, o álbum perfeito, mas, nos deixou quatro LPs muito bons, entre os quais, PALEPOLI merece uma atenção em particular.

L'UOMO, seu primeiro álbum, lançado numa capa tripla, abrindo em álbum, também contém elemento interessantes; a bela voz de LINO VAIRETTI (com letras interessantes também), a flauta agressiva de ELIO D'ANNA, a guitarra fluida de DANILO RUSTICI e a sólida base base ritmica de LELLO BRANDI e MASSIMO GUARINO..

A Banda também teve uma intensa atividade ao vivo, com os músicos sempre vestidos com longas vestes e com os rostos pintados. Com a  colaboração com grupos teatrais produziam shows bastante interessantes, únicos para a audiencia Italiana na época. Eles também tocaram com o Genesis numa de suas turnes 
italianas e, alguns dizem que foi o OSANNA quem inspirou PETER GABRIEL nas suas performances no palco.
Em 1971, o OSANNA ganhou o primeiro lugar no "Festival d’Avanguardia e Nuove Tendenze"  em Viareggio junto com o PFM e MIA MARTINI.

O segundo álbum, Preludio, Tema, Variazioni, Canzona ; também conhecido como MILANO CALIBRO 9, nome do filme para o qual o álbum foi escolhido como trilha sonora, foi um passo atrás com poucas composições do grupo e outros temas orquestrais de BACALOV.
O Terceiro álbum, o seu melhor... PALEPOLI, de 1973, encontra a banda no seu ápice. O álbum contém tres longas faixas e foi lançado numa bela capa que na parte interna apresenta uma foto de palco num de seus shows.
Infelizmente as coisas não andavam bem entre os membros do grupo e durante as gravações de LANDSCAPE OF LIFE, começaram as brigas, o que resultou num álbum fraco e sem inspiração, pois o álbum foi terminado com a ajuda de CORRADO RUSTICE ( irmão mais novo de Danilo, que era do CERVELLO) e do baterista ENZO VALLICELLI ( depois no UNO).

DANILO RUSTICI e ELIO D'ANNA, junto com o Baterista ENZO VALLICELLI , foram para a Inglaterra e formaram o UNO. LINO VAIRETTI e MASSIMO GUARINO ressucitaram a antiga banda "CITTÀ FRONTALE", e gravaram o álbum "EL TOR".

MAs as coisas não foram tão bem assim com as novas bandas formadas e o OSANNA voltou a se reunir em 1977 com novos membros, ENZO PETRONE ( do VOLTI DI PIETRA e MOBY DICK) e FABRIZIO D'ANGELO , para gravar SUDDANCE , que não era exatamente o espírito do OSANNA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário