sábado, 30 de abril de 2011

PROCOL HARUM - Grand Hotel

  1. "Grand Hotel" - 6:10
  2. "Toujours l'amour" - 3:31
  3. "A Rum Tale" - 3:20
  4. "TV Caesar" - 5:52
  5. "A Souvenir of London" - 3:23
  6. "Bringing Home the Bacon" - 4:21
  7. "For Liquorice John" - 4:27
  8. "Fires (Which Burnt Brightly)" - 5:10
  9. "Robert's Box" - 4:45
    * Chris Copping - organ
    * Alan Cartwright - bass guitar
    * B.J. Wilson - drums
    * Mick Grabham - guitar
    * Gary Brooker - piano and vocals
    * Keith Reid - lyrics
    * Christiane Legrand vocals for "Fires (Which Burnt Brightly)"

Com base em Southend-on-Sea, Essex, O Paramounts, liderado por Gary Brooker e Robin Trower, incluindo Chris Copping e B.J.Wilson , teve um sucesso moderado no mercado britânico, em 1964, com sua versão cover de Jerry Leiber e Mike Stoller "Poison Ivy" , que alcançou o número 35 no UK Singles Chart . Incapaz de gerar qualquer sucesso posterior, o grupo se desfez em 1966

Em abril de 1967, Brooker começou a trabalhar como cantor, compositor e formou o Procol Harum com o não-Paramount Keith Reid (poeta), o tecladista Matthew Fisher (Hammond), o guitarrista Ray Royer e o baixista David Knights . Guy Stevens, seu empresário original, deu nome  a banda porcausa do gato birmanês de um amigo.  O nome foi dito que em latim significa "para além dessas coisas", mas a tradução correta do latim "para além destas coisas" é Procul His . Alternativamente, o nome foi traduzido como "essas coisas distantes" (Harum é no feminino, genitivo, no plural). No entanto, Procul não seria seguido de um genitivo em latim  O nome da banda é frequentemente mal escrito;. frequentemente como Procul Harem,  ou outras variações..

Nenhum comentário:

Postar um comentário