sábado, 28 de janeiro de 2012

THE CARPET KNIGHTS - Lost And So Strange Is My Mind

1. All be the same (3:05)
2. No space to spare (4:23)
3. Zonked (3:21)
4. The mist (4:47)
5. Fools and silent callers (4:58)
6. Sad soul (6:49)
7. Feel it (6:47)
8. Dab Nekan (3:39)
9. Last of many (10:42)

Oriundos da cidade de Malmö (Suécia) o grupo formou-se em 1998, foi a descoberta do ano para mim.  A banda descreve o seu próprio estilo como psychedelic, stoner e progressivo, e eu não estou bem certo se isso é exatamente o que a banda faz ! com certeza, Vindo da Suécia, é uma mistura perfeita de Stoner relacionado com ambientes e sons psicodélicos e, em alguns momentos com fortes inclinações  para rock progressivo.
Complexo em alguns momentos (especialmente na bateria), em outros, tranquilos e pacíficos,  este é um trabalho maravilhoso.
Trazendo uma flauta durante um momento quase-caótico (em termos de som,mais do que estruturas de tempo), parece não ser nada extravagante para estes mestres da música. Os vocais são incrivelmente bem-feitos, que combinam perfeitamente com este tipo de banda.

Joakim Jönsson - guitarra e voz
Tobias Wulff - guitarra
Mattias Ankarbranth - bateria
Nils Andersson - baixo
Magnus Nilsson - voz e flauta
Músicos convidados: Anna-Karin Henrell - percussão em 2 e Mats Nilsson - piano Fender Rhodes em  #9 .

Vale a pena dar uma checada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário