quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

GILA

"Gila foi um grupo de Krautrock o começo dos anos 70 que pode não ter sido tão conhecido como Ash Ra Tempel ou Amon Düül II, mas com um trabalho que pode ser classificado como os clássicos do gênero space rock. O grupo surgiu em uma comunidade política em Stuttgart no sudoeste da Alemanha, no início de 1969 que era um projeto multimídia que combinava música , filmes, slides, e poemas. O grupo original consistia de dois alemães, Fritz Scheyhing no Mellotron e órgãos e Conrad Wolf "Conny "Veit na guitarra e vocal, além do suiço Walter Wiederkehr no baixo e de Daniel Alluno de Bordeaux, França, na bateria. Stuttgart, com sua universidade e academias de artes, era um lugar fértil com muitos festivais de rock e festas, especialmente no final dos anos 60, e o Gila não teve problemas para encontrar Shows para se apresentar . Em 1971, a banda ganhou fama local fazendo uma mistura criativa de um som inspirado no rock espacial do Pink Floyd com longas jams sessions psicodélicas e, em junho do mesmo ano, eles entraram no estúdio de Dieter Dierks para gravar seu primeiro álbum. O disco homônimo, muitas vezes chamado pelo título Free Electric Sound ", foi lançado mais tarde desse mesmo ano pelo selo BASF. O grupo se separou no ano seguinte e Alluno logo passou a Sameti enquanto Veit juntou-se ao Popol Vuh, no momento em que eles começaram a fazer trilhas sonoras para os filmes de Werner Herzog. Em 1974, Veit estava pronto para reativar o Gila, desta vez recrutando colegas do Popol Vuh como Florian Fricke Fichelscher nos teclados e Daniel na bateria, assim como a vocalista Sabine Merbach. O som do grupo era muito diferente, dispensando os arranjos ácidos e selvagens para um rock mais acústico. Dada a sua genealogia, o novo grupo soou quase como Popol Vuh, embora realizando composições Veit, em vez de Fricke. Considerando que no início o Gila constantemente tocava ao vivo, esta nova versão do grupo dedicou-se na maior parte do tempo tocando em estúdio , com apenas uma aparição ao vivo em um programa de televisão cultural. Novamente em estúdio de Dierks ', eles gravaram o álbum Bury My Heart in Wounded Knee, no verão de 1973. Como o título sugere, este foi um álbum conceitual sobre o genocídio dos índios americanos que mais tarde naquele ano, foi lançado pela Warner. Veit Depois excursionou pela França com Amon Düül II, no inverno de 1973-1974, a segunda versão do Gila se separou em meados de 1974, Fricke e Fichelscher se focaram muito mais no Popol Vuh e Veit logo se juntou ao Guru Guru antes de se mudar para outros grupos e se tornar um pintor freelance. Embora a maioria dos shows ao vivo do primeiro Gila não tenham sido registrados , em 1999, o Garden of Delights lança Night Works, um concerto realizado em Colonia em 1972 que na época tinha sido transmitido ao vivo na rádio. "


1. Aggression (4:33)
2. Kommunikation (12:47)
3. Kollaps (5:30)
4. Kontakt (4:30)
5. Kollektivitat (6:40)
6. Individualitat (3:36)

Conny Veit - guitars, voice, tabla, electronics
Fritz Scheyhing - organ, Mellotron, percussion, electronics
Walter Wiederkehr - bass
Daniel Alluno - drums, bongos, tabla


...: Download :...

...: Capas :...

Nenhum comentário:

Postar um comentário