sábado, 15 de maio de 2010

CHICKEN SHACK - Imagination Lady




A banda foi formada em 1967 e supostamente ganhou esse nome porque ensaiava num galinheiro em Kidderminster, "Barracas de frango" (Restaurantes de Frango) também tinham até então sido frequentemente mencionados em canções de blues, como no hit Amos Milburn, "Chicken Shack Boogie ". O primeiro concerto foi em 1967 no Nacional Blues Jazz Festival em Windsor e eles foram contratados pela gravadora Blue Horizon no mesmo ano.Chicken Shack fez sucesso comercial modesto, com Christine Perfect sendo eleita a melhor cantora nas pesquisas Melody Maker, em dois anos consecutivos.
Christine Perfect deixou a banda em 1969 quando se casou com John McVie de Fleetwood Mac. O Pianista Paul Raymond, o baixista Andy Sylvester, e o baterista Dave Bidwell também saíram da banda em 1971 para juntar-se Savoy Brown. Webb também foi recrutado para o SavoyBrown, em meados de 1970, e gravou o álbum Boogie Brothers com eles.
Embora o Chicken Shack tenha passado por várias formações subseqüentes, nunca conseguiu igualar os seus sucessos anteriores. No entanto, continuaria com Webb como único membro constante.

Imagination Lady é o quinto LP de Stan Webb's Chicken Shack. Muito na mesma tradição como os grandes bluesmen britânicos Alexis Corner e John Mayall. O entra e sai de músicos na banda fez passar por ela vários músicos notáveis, incluindo: John Almond (tenor / sax alto), Hughie Flint (bateria), e Christine Perfect (teclados / vocal). Neste álbum; Webb (guitarra / vocais) reuniu um trio constituído por ele, John Glascock (baixo) futuro "Gods" e Jethro Tull e Paul Hancox (bateria).
Entusiastas dos mais tradicionais "40 Blue Fingers", "Freshly Packed and Ready to Serve " e "OK Ken albuns" foram rápidos em negar as raízes da banda , esta última, muitas vezes citando o estilo mais amplificado e as incursões no power metal para diminuir suas origens de blues.
Embora provavelmente avaliações válidas, o power trio apresentado em "Imagination Lady" traz mais volume para este lançamento. Como em LPs anteriores do Chicken Shack , este disco apresenta vários originais de Webb com alguns covers bem escolhidos. O álbum abre
com um cover feroz de "BB King's Crying Won't Help You". Esta versão é destacada pelo baixo de Glascock e guitarra de Webb com pedal wah-wah e vocais embriagados . Com um estilo parecido com o Faces ou até mesmo alguns dos momentos mais barulhentos como no Fleetwood Mac de Peter Green, este trio mói o blues com um toque decididamente Inglês.
O folkie "If I Were a Carpenter" é espetado com guitarra elétrica de rasgar e da mesma forma e espírito o baixo de Glascock e a performance de Hancox. A música também oferece uma sensibilidade inesperada, que contrasta bem entre o ataque sonoro do coro e da polirritmia contido dos versos. Em relação ao material original, "Daughter of the Hillside" é sem dúvida a contribuição mais impressionante de Webb para o álbum. É indiscutivelmente a parte mais forte do disco. Mais rock, é um esforço trio em igualdade com contribuições de todos os três recordando a instrumentalidade intensa do CREAM ou o início do Led Zeppelin.Com tanto potencial, é lamentável que o épico de 11 minutos "Telling Your Fortune" - que nada mais é do que uma plataforma de blues de 12 compassos para solos de Webb e Hancox - é tão errática. Em um contraste irônico, o número de encerramento "A Loser" é otimista e quase pop, mais uma vez mostrando a força dessa formação de curta duração do Chicken Shack.


01. Crying Won't Help You Now
02. Daughter of the Hillside
03. If I Were a Carpenter
04. Going Down
05. Poor Boy
06. Telling Your Fortune
07. Loser

Download

Nenhum comentário:

Postar um comentário